Pular para o conteúdo principal

Dilúvio e Aquecimento Global

Dia 25 de outubro de 1991, satélites captaram uma terrível explosão no interior do Sol. Cientistas afirmam que a temperatura do sol que era de 6000 graus, já começa se elevar bruscamente. O verão tem aumentado e o inverno abaixado. Alterações no campo astronômico também são sinais que prediz a vinda do Filho do Homem (Lc 21.25). A luz da lua será como a do sol, e a do sol, sete vezes maior, como a luz de sete dias, no dia em que o Senhor atar a ferida do seu povo e curar a chaga do golpe que ele deu (Is 30.26). O Senhor convosco te cura das moléstias do sol com todos juntos, e Deus faz chover sobre as tuas sementes na terra. Os que procuram à sombra no país, deixa à desejar imagem de fundição e parem com as mentiras. Busque refúgio em Deus o povo que busca refúgio de autoridades. O sol é uma criação de Deus. O sol, nossa fonte de luz e de vida, é a estrela mais próxima de nós e a que melhor conhecemos, basicamente, é uma enorme esfera de gás incandescente, em cujo núcleo acontece a geração de energia através de reações termo-nucleares. O estudo do sol serve de base para o conhecimento das outras estrelas, que de tão distantes aparecem para nós como menos pontas de luz. Apesar de parecer tão grande e brilhante (seu brilho aparente é 200 milhões de vezes maior do que o de s de sérios, a estrela mais brilhante do céu noturno), na verdade O sol é uma estrela bastante comum, suas principais características são: Massa, raio, densidade média, densidade central, distância, luminosidade, temperatura central, magnitude absoluta, bolométrica magnitude absoluta visual, tipo espectral e classe de luminosidade. Indices de cor, composição química principal, período rotacional no equador, período na latitude 75.


Em certa área da atmosfera a existência de ar quente, tem uma zona baixa de pressão. O clima determina luz solar, e corresponde ao comportamento da atmosfera. As moléculas de ar, aquecidas em contato com a superfície, dilata-se tornam-se mais leves e ascendem, produzindo uma queda de pressão e etc. Os estados climáticos alterados envolvem o aquecimento na terra. Derretem-se como cera os montes, na presença do Senhor na presença do Senhor de toda a terra. O gigante lençol de gelo que cobre a montanha está derretendo na presença do Senhor. Na fronteira da Espanha com a França, os cientistas se preocupam com o derretimento da maior língua glacial dos Pirineus. Para ver a neve, é preciso ir cada vez mais longe. Os céus anunciam a sua justiça, e todos os povos veem a sua glória (Sl 97.5-6). A ira de Deus se revela do céus contra toda a impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça (Rm 1.18). Deus manifesta a sua ira através da sua criação e revela na vista de todos que o céus abrange a justiça e o julgamento, e também a ira de Deus pela degradação moral da humanidade que infringe o código de ética como perversão, injustiça, lesbianismo, homossexualismo, idolatria por imagens ou pessoas, paixões aviltantes, avidez e malícia; inveja, assassinato, rixas, deslealdade, impiedade, (Rm 1 ao 32).

O Sol continua a dar amostras de sua fúria enquanto caminha para o pico de seu ciclo de atividade, previsto para o ano que vem. No início da noite da última sexta-feira, a estrela disparou a maior ejeção de massa coronal (CME) deste ano. Classificada como do tipo X, o mais forte, e magnitude 1,8, ela lançou material no espaço a uma velocidade de mais de 2,4 mil km/h.

Fonte: site de notícias do Yahoo.


O anjo de Deus derramou a sua taça (simboliza: ira, calamidade) sobre o sol, e foi dado queimar os com fogo. Com efeito os homens se queimaram com o "intenso calor" e blasfemaram o nome de Deus, que tem autoridade sobre estes flagelos, e nem se arrependeram para lhe darem glória (Ap 16.8-9). Dá glória no sentido de adorá-lo, louva-lo, porque ele é o Senhor (Rm 11.36; Fp 1.11). Blasfemaram o nome de Deus significa: difamação da honra de Deus incluindo o desprezo pelos lugares santos (At 6.13), o uso profano do nome divino (Dt 5.11; Is 52.5; Ez 36.20) e o culto idólatra (Ez 20.27). O anjo de Deus tem poder sobre o sol e intensifica o aquecimento global. Aquecimento global é o aumento da temperatura média dos oceanos e do ar perto da superfície da Terra que nas décadas mais recentes e possivelmente continuará durante o século XXI. O fenômeno se manifesta como um problema na temperatura sobre as áreas populosas do Hemisfério Norte, entre Círculo Polar Ártico e Trópico de Câncer. O clima marítimo do Hemisfério Sul é mais estável; embora o aumento do nível médio do mar também o atinge. O clima marítimo depende da temperatura dos oceanos nos Trópicos; e este estará em equilíbrio com a velocidade de evaporação da água, com a radiação solar que atinge a Terra e o Efeito Estufa.



Deus destruiu a humanidade nos dias de Noé, por que as pessoas desonravam e desobedeciam a palavra de Deus. Noé era o único que alertava a humanidade sobre a vinda da catástrofe (dilúvio). Na nova era, a mídia alerta na parte cientifica, e falta também anunciar pela palavra de Deus, sobre o aquecimento global na mesma percepção da geração de Noé que desagrada a Deus como violência, roubo, homicídio, idolatria por imagens de escultura ou por pessoas ou times de futebol, vícios, filhos que desonram aos pais ou pais que provocam os filhos a ira, cobiça pela mulher do próximo ou pelo bem material do próximo, invejas, orgias, palavras indecentes na roda dos escarnecedores, prostituição, quer dizer, relacionamento sexual antes do casamento, bebedeiras, ciúmes, rixas, feitiçaria, impureza, difamação, soberba, homossexualismo, lesbianismo, libertinagem, quer dizer, sensualidade, provocação, lascívia. Os que praticam tais coisas são protagonistas para a segunda catástrofe que chama-se aquecimento global (2 Pe 3.4). O mundo atual está corrompido, pois à geração também sofre as consequências por blasfemar (rejeitar) a Deus. Dá água (dilúvio) para o fogo (sol quente, aquecimento global). Ora, os céus e a terra de agora estão reservados pela mesma Palavra ao fogo (intenso calor, aquecimento global) aguardando o dia do Julgamento e da destruição dos homens ímpios (2 Pe 3.7). Deus usou a água (dilúvio) para destruir toda carne vivente que existia. Deus está usando o fogo (sol, intenso calor, aquecimento global) para destruir aos poucos à humanidade corrupta. Ao longo do tempo o aquecimento global vai mostrando o seu efeito e enquanto a palavra de Deus vai se cumprindo, a mídia é testemunha.
 

Com o tempo, os descendentes de Adão e Eva começaram a povoar a terra. Ao ver que a maldade humana estava por todos lugares e que as pessoas só pensavam em coisas ruins, Deus ficou triste. E disse: Eu mesmo criei a raça humana, mas agora vou destruí-la. No entanto, Deus estava contente com Noé, o único homem justo daquela época; um homem que lhe obedecia completamente. Deus falou com Noé: "O fim da humanidade está próximo. Existe muita violência por todos os lugares. Vou destruir tudo o que existe, incluindo as pessoas. Construa uma arca de madeira com bastante divisões. Cubra-a bem com piche, por dentro e por fora. A arca deve ter 150 metros de cumprimento, 25 de largura e 25 metros de altura; faça apenas uma porta. Você, sua esposa, seus três filhos e suas noras devem entrar na arca. Leve também um casal de animais de cada espécie; eles viverão com vocês. Mas coloque na arca sete pares de animais que santifiquei. Enquanto construía a arca, Noé avisava o povo. " Quem não honrar a Deus vai morrer. " Infelizmente todo mundo zombava de Noé e ria do aviso que Deus estava dando etc. O mundo se acabou pelo catástrofe da água, no vindouro o mundo se acabará pela catástrofe do sol (aquecimento global). Deus não poupou o mundo antigo (2 Pe 2.5). Deus descontente com a humanidade desde quando criou; destruiu uma vez pela grande catástrofe do dilúvio. Deus destruirá a humanidade pela segunda vez com a grande catástrofe do fogo (aquecimento global, intenso calor). Mas eles fingem não perceber que existiram outrora céus e terra, esta tirada da água, e estabelecida no meio da água pela Palavra de Deus, e que por essas mesmas causas o mundo de então pereceu, submergido pela água (2 Pe 3.6). Ora, os céus e a terra de agora estão reservados pela mesma Palavra ao fogo (sol, intenso calor, aquecimento global), aguardando o dia do Julgamento e da destruição dos homens ímpios (vers. 7). Deus criou o mundo pela Palavra (Gn 1). A Palavra desempenhará papel análogo na catástrofe final. Deus tem o poder na sua Palavra de mudar o curso da sua criação.

Houve uma catástrofe com a água e, como vemos em (2 Pe 3.6-7)...também pela água do dilúvio o mundo antigo foi destruído. Mas os céus estão sendo guardados pela mesma ordem de Deus para serem destruídos com fogo...Segundo os cientistas, o mundo sofre os efeitos do aquecimento global e preveem um futuro sombrio. O aquecimento global, provocado pelo chamado efeito estufa, na atualidade, mudará; provocará catástrofes naturais como degelo, inundações de regiões costeiras, furacões, secas, proliferação de doenças, fome e aumento médio de temperatura em torno dos 3 graus. A América Latina será assolada por enchentes, salinização de terras, grandes migrações do campo para as cidades, com fortes impacto na saúde humana e 77 milhões de pessoas sentirão a falta de água até 2010; 26 milhões até 2050. O aquecimento global aumentará os famintos na região: cinco milhões até 2010; 26 milhões até 2050 e 85 milhões até 2080. Os relatórios divulgados pela organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), alertam para as consequências de curto prazo das bruscas variações climáticas ao redor de todo o globo.





WASHINGTON - O campo magnético da Terra está prestes a ser sacudido como uma bola de neve com a maior tempestade solar em cinco anos. Depois de atravessar o espaço em um dia e meio, uma enorme nuvem carregada de partículas deve chegar nesta quinta-feira e afetar as redes de eletricidade, os sistemas de navegação por satélite e os voos das aeronaves, especialmente nas regiões do Hemisfério Norte. Perturbar redes de serviços públicos, voos de companhias aéreas, redes de satélites e o GPS, especialmente em áreas do Hemisfério Norte. Mas a explosão também poderia pintar auroras coloridas mais longe dos polos do que o normal.
Os cientistas dizem que a tempestade solar, que começou no início da semana, está crescendo à medida que se afasta do sol, expandindo-se como uma bolha de sabão gigante. Quando ela atacar na manhã desta quinta-feira, as partículas irão se mover em 4 milhões de quilômetros por hora.
- Vai nos bater bem no nariz - disse Joe Kunches, um cientista da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica, em Boulder, Colorado.
Os astrônomos dizem que o sol tem estado relativamente calmo por algum tempo. E esta tempestade pode parecer mais feroz porque a Terra foi embalada por vários anos de atividade solar fraca.
A tempestade faz parte do ciclo normal do sol de 11 anos, que deve ao auge no próximo ano. Tempestades solares não causam danos às pessoas, mas elas afetam a tecnologia. E durante o último pico, por volta de 2002, os especialistas descobriram que o sistema de posicionamento global, conhecido como GPS na sigla em inglês, era vulnerável às explosões solares.
- Como a nova tecnologia que floresceu desde então, os cientistas descobriram que alguns novos sistemas também estão em risco - disse Jeffrey Hughes, diretor do Centro Integrado de Modelagem de Clima Espacial da Universidade de Boston.
O sol entrou em erupção na noite de terça feira e os efeitos mais notáveis deveriam alcançar a Terra nesta quinta-feira entra 3h e 7h (no horário de Brasília), segundo as previsões do Centro Espacial de Meteorológica. Os efeitos podem persistir até a manhã de sexta-feira.
- Este é um evento de bom tamanho, mas não do tipo extremo - disse Bill Murtah, coordenador do programa do Centro de Previsão de Clima Espacial.
Rob Steenburgh, meteorologista do Centro de Previsão de Clima Espacial, disse que até às 23h30m de quarta-feira não houve efeitos visíveis da tempestade solar na Terra. Mas ele observou que havia alguns indícios de um satélite, que registrou um ligeiro aumento em partículas de baixa energia.
Outras tempestades magnéticas foram observadas nas últimas décadas. Uma explosão solar enorme, em 1972, paralisou as linhas telefônicas do Estado americano de Illinois.

Tempestade solar pode afetar a Terra em 2013. Onda emitida pelo Sol pode causar destruição em massa de equipamentos eletrônicos - e levar a um caos tecnológico.Tudo o que usa circuitos elétricos, de carros a computadores, queima no ato. Celulares e satélites pifam, os meios de transporte param, a rede de energia dá curto-circuito e logo começa a faltar água e comida. Esse cenário apocalíptico pode acontecer - e causado pelo Sol. Segundo cientistas da Nasa e de outras instituições, que recentemente se reuniram em Washington para debater a questão, em 2013 o astro vai entrar num ciclo de alta atividade, o que aumenta a probabilidade de erupções solares. Essas erupções liberam muita energia. E, quando essa energia chega à Terra, provoca uma tempestade eletromagnética-que literalmente frita tudo o que tiver um circuito elétrico dentro. Seria um verdadeiro Dia do Juízo Final para os equipamentos eletrônicos. Os cientistas não sabem exatamente quando essa tempestade virá, ou qual sua força. Mas dizem que há motivo para preocupação. "O Sol está despertando de um sono profundo. E nossa sociedade é muito vulnerável a tempestades solares", diz o físico Richard Fisher, da Nasa. Elas já aconteceram antes. Em 1859, uma tempestade do tipo queimou as linhas de telégrafo na Europa e nos EUA. Hoje, o efeito seria muito pior. Um relatório assinado por cientistas de 17 universidades diz que a humanidade levaria até 10 anos para se recuperar de um grande evento do tipo. A solução é desligar tudo o que for elétrico antes da tempestade. Os EUA têm um satélite capaz de detectar a onda com um dia de antecedência - em tese, tempo suficiente para que as redes de energia do mundo sejam desconectadas. Tudo o que usa circuitos elétricos, de carros a computadores, queima no ato. Celulares e satélites pifam, os meios de transporte param, a rede de energia dá curto-circuito e logo começa a faltar água e comida. Esse cenário apocalíptico pode acontecer - e causado pelo Sol. Segundo cientistas da Nasa e de outras instituições, que recentemente se reuniram em Washington para debater a questão, em 2013 o astro vai entrar num ciclo de alta atividade, o que aumenta a probabilidade de erupções solares. Essas erupções liberam muita energia. E, quando essa energia chega à Terra, provoca uma tempestade eletromagnética - que literalmente frita tudo o que tiver um circuito elétrico dentro. Seria um verdadeiro Dia do Juízo Final para os equipamentos eletrônicos. Os cientistas não sabem exatamente quando essa tempestade virá, ou qual sua força. Mas dizem que há motivo para preocupação.

Fonte: Yahoo,08/03/12

Fonte: Bruno Garattoni
Revista Super Interessante-08-2010

Sex, 18 Fev, 12h12

Por Redação Yahoo! Brasil

PUBLICIDADE
A Nasa, agência espacial norte-americana, emitiu comunicado na tentativa de acalmar os ânimos a respeito da erupção solar de segunda-feira (14), que está atingindo a Terra desde quinta (17). Segundo o site Inovação Tecnológica, a divulgação sobre a atividade do sol causou tanto temor que a Nasa resolveu colocar na página do site da agência comunicado dizendo que nada grave ocorrerá no planeta. "A nuvem de partículas produzida pelo evento no Dia dos Namorados (data comemorada nos Estados Unidos e em outros locais do mundo) parece ser bastante fraca e não produzirá quaisquer efeitos fortes na Terra, à exceção, talvez, de algumas belas auroras em latitudes altas do norte e do sul do planeta," diz o comunicado. A tempestade foi anunciada como sendo a maior dos últimos anos, estimulando o boato de que o mundo irá acabar em 2012 - data do final do calendário maia. Apesar da intensa atividade solar ter acontecido na segunda, as partículas geradas pela erupção só chegaram à Terra ontem. Isso porque elas viajam relativamente "devagar" a uma velocidade de cerca de 900 km/segundo, mais lentamente do que a velocidade da luz (300 mil km/ segundo). Dessa maneira, os cientistas conseguem checar tempestades solares dias antes de suas partículas alcançarem a Terra.
A descarga de radiação solar causou poucos transtornos na rede elétrica, mas obrigou as companhias aéreas a desviar rotas em torno dos pólos e gerou imagens impressionantes de aurora boreal em algumas partes do mundo. O fenômeno começou na noite de terça-feira com uma série de explosões no Sol, que lançaram partículas carregadas em grande velocidade para a Terra, mas a tempestade parecia se dissipar na quinta-feira, sem provocar os cortes de energia ou os problemas com os sistemas de navegação por satélite GPS, como se esperava.




Espetáculo de aurora boreal na região de Yellowknife, Canadá (Foto: AP)As condições mudaram à noite, quando aumentou a intensidade da tormenta, que se elevou à categoria "forte" (G3) em uma escada de um a cinco, disse Bob Rutledge, chefe do departamento de previsões do clima espacial na Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA, na sigla em inglês). "Acabamos recebendo alguma coisa do forte impacto que esperávamos", disse, explicando que a mudança se deveu a uma alteração no campo magnético dentro da ejeção de massa coronal que explodiu fora do sol. "Quando se olha a tempestade de forma global, em termos de tamanho e de potência, poderia se dizer que é a tormenta mais forte desde novembro de 2004", disse. Nos estados do norte dos Estados Unidos, como Wisconsin, Michigan e Washington, houve registros de um espetáculo de luz noturna, causado pela aurora boreal, quando partículas altamente carregadas interagem com o campo magnético da Terra, criando um brilho colorido. E embora os operadores elétricos já tenham "visto estas alterações em seus sistemas, tudo deveria estar dentro do que são capazes de manejar", acrescentou Rutledge. Embora se espere uma redução paulatina da tempestade a partir desta sexta-feira, Rutledge advertiu sobre a possibilidade de mais alterações até domingo devido a uma erupção durante a noite na mesma região solar conhecida como 1429, que tem estado em atividade desde o começo da semana. A labareda solar atingiu nível dois em uma escala de cinco e não foi tão grande quanto a erupção de terça-feira, mas se combinou a uma ejeção de massa coronal que, segundo Rutledge, se dirigirá para a Terra na madrugada de domingo.  "Vai afetar a Terra. Dirige-se diretamente para nós", disse. "Achamos que isto poderia provocar uma intensidade de tempestade que pode alcançar novamente o nível G3. Não achamos que tenha a mesma intensidade sustentada que teve a tempestade que acaba de terminar", acrescentou. As tempestades geomagnéticas e de radiação são cada vez mais frequentes à medida que o Sol evolui de seu período de mínima a máxima atividade nos próximos anos, mas as pessoas geralmente são protegidas pelo campo magnético da Terra. No entanto, alguns especialistas estão preocupados porque, como a dependência da tecnologia de satélites GPS é maior do que durante o último máximo de atividade solar, poderia haver maiores transtornos na vida moderna.

Fonte: Yahoo,

Radiação começou a chegar à Terra uma hora após a erupção solar.  A tempestade geomagnética mais forte em mais de seis anos deve atingir a Terra na terça-feira, e pode afetar as rotas aéreas, redes de energia e satélites, disse o Centro de Previsão Meteorológica Espacial dos Estados Unidos. A ejeção de massa coronal - uma grande parte da atmosfera do Sol - foi lançada em direção à Terra no domingo, conduzindo partículas solares energizadas a cerca de 2.000 quilômetros por segundo, cerca de cinco vezes mais rápido do que costumam viajar as partículas solares, disse Terry Onsager, do Centro. "Quando nos atingir será como um grande aríete que empurra o campo magnético da Terra", disse Onsager, de Boulder, no Colorado. "Essa energia faz com que o campo magnético da Terra flutue". Essa energia também pode interferir em comunicações de alta frequência de rádio, usadas pelas empresas aéreas para navegar próximo ao Polo Norte em voos entre a América do Norte, Europa e Ásia, portanto algumas rotas podem ser mudadas, disse Onsager. Também pode afetar redes de energia e operações por satélite, disse o Centro em um comunicado. Astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional podem ser aconselhados a buscar abrigo em partes específicas da aeronave para evitar uma dose solar reforçada de radiação, disse Onsager. O Centro de Meteorologia Espacial disse que a intensidade da tempestade geomagnética seria provavelmente moderada ou forte, nos níveis dois e três de uma escala de cinco níveis, sendo o cinco o mais extremo.


        

Postagens mais visitadas deste blog

A máscara caiu - Lucas 12.2

Não há nada escondido  que não venha a ser descoberto, ou oculto que não venha a ser conhecido (Lc 12.2). O significado é que nada escondido pela hipocrisia deixará de ser divulgado.  Hipocrisia é falsidade, dissimulação. Ato de fingir, ser o que não é para agradar a vida alheia. A corrupção é divulgada na mídia - licitação, nota fria, empresa fantasma, contrato superfaturado.  Aparências enganam, portanto será descoberta pelos próprios erros ou alheios - cúmplices.  Os falsos amigos acusam/denunciam e as máscaras caem.  No Tribunal de Justiça, o réu com dinheiros contrata advogados e suborna o juiz. É errado favorecer alguém no Tribunal, mas alguns juízes fazem isso até por pouco dinheiro (Provérbios 28.21; Pv 28.21). O suborno/propina corrompe o coração (Eclesiastes 7.7; Ec 7.7). Juízes desonestos se vendem por dinheiro e por isso são injustos nas suas sentenças (Provérbios 17.23; Pv 17.23).
Processos arquivados e como diz o ditado popular: tudo acaba em pizza.

Receba seu livramento!

Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus, e eu serei exaltado entre as nações e sobre a terra (Salmos 46.10). Quantas lutas e aflições, o coração fica inquieto, angustiado, às vezes, desanima pela demora de vir a resposta. Não temais, fique quietos e veja o livramento do Senhor, que Ele hoje vos fará (Êxodo 14.13).

Revelação e Profecia

Isaías significa salvação do Senhor, Deus é salvação. Ele profetizou 700 a.C que o menino vos será dado como Maravilhoso, Conselheiro, Deus Poderoso (Isaías 9.6). A virgem dará luz que se chamará Emanuel-Deus conosco (Isaías 7.14). A profecia se cumpriu (Mateus 1.18-23). Miqueias significa quem é como Deus. Profetizou a vinda e o nascimento de Jesus em Belém, pequena Cidade de Israel (Miqueias 5.2). O pastor e profeta Thiago Ramos é usado por Deus nas revelações e profecias que acontecem. Deus não é homem para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria? (Êxodo 23.19).