Abençoe o seu país - Tiago 3.10

Alguns rapazes zombaram do profeta Eliseu que amaldiçoou-os em nome de Jesus.
Imediatamente saíram da floresta dois ursos e despedaçaram quarenta e dois daqueles rapazes  (2 Reis 2.23-24).
A morte e a vida estão no poder da língua; quem utiliza, experimenta ou come do seu fruto (Provérbios 18.21). 
Jesus amaldiçoou a figueira que estava sem frutos e definhou (Mateus 21.18-22; Marcos 11.12-14).
A boca procede bênção e maldição  (Tg 3.10).
Ore, abençoe a sua família, parentes, Jó orou pelos seus amigos (Jó 42.10).
Orai pela paz no seu país e vós prosperareis (Salmos 122.6-9).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovelhas malhadas

Sacrifícios de tolo ou de justiça

A máscara caiu - Lucas 12.2