Céu cerrado - Deuteronômio 30.19

Os céus proclamam a sua justiça, porque é o próprio Deus quem julga (Salmos 50.6; Sl 50.6).
Céu, proclama, declara em público a justiça de Deus em conformidade com o direito ou razão que conceitua a eles (as) que não conhecem o seu dono - Pai.
Cachorro, gato, boi, conhecem o seu dono, o jumento conhece a manjedoura do seu proprietário. Mas o povo não conhece a Deus como dono dos céus - chuva e da terra, se não teriam deixado ídolos, banalidade tê-los no reinado designado ou criado por Deus o qual inibiu a passagem da chuva e adverte: ouçam, o céus! Escute ó terra! Pois o Senhor falou: " criei filhos e os fiz crescer, mas eles se revoltaram contra mim (Isaías 1.2-3; Is 1.2-3).
Fizeram peregrinações e venerações  aos mortos canonizados e a idolatria por enquanto é predominante.
Celebram festas dos padroeiros em cada cidade nas festas religiosas, novenas - encontro para orações nos lares e procissão - marcha solene pela devoção ao ídolo e romaria - caminhada de crentes até o local ou Igreja.
Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência (Deuteronômio 30.19; Dt 30.19).
Dê ouvidos a voz de Deus ou crédito anunciados pelos céus - testemunhas que significam julgamento do Altíssimo para estimular as pessoas a obedecer os mandamentos e reconhecer o seu reinado, autoridade, poder sobre o céu e a terra. 
Estados decretam estado de emergência - calamidade por falta d' água, represa no volume morto.
A seca impacta nos trabalhos doméstico, hospitalar, creche, escola, empresa e funcionamento de energia - luz para funcionar os equipamentos, aparelhos, desalojamentos de moradores.
Institutos governamentais apenas estudam, acompanham, falam nos meios de comunicação a previsão - Meteorologia e param no tempo desprovidos dos fundamentamentos teológico pela luz - capacidade de visão para os diversos problemas - natureza e social (Salmos 119.105; Sl 119.105). 
E ficam à mercê do céu que indica rebeldia na cidade ou região conforme a palavra de Deus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovelhas malhadas

Sacrifícios de tolo ou de justiça

A máscara caiu - Lucas 12.2