Sobre Ló em Sodoma

Ló (=coberta) filho de Harã e sobrinho de Abraão (Gênesis 11.31; Gênesis 12.5). Antepassado dos moabitas e dos amonitas (Gênesis 19.30-38).
É mencionado por Jesus (Lucas 17.28-38).
Ló morou em Sodoma cheia de pecado, homossexualismo (Gênesis 19.5; Judas 1.7); violência, danos físicos (Gênesis 19.9-11), libertinagem, acusação, difamação, injúria, ganância, impureza, olhos cheios de concupiscência, cobiça, adultério (2 Pedro 2.7-22).  
A iniquidade de Sodoma deixara a Cidade pronta para a destruição (Isaías 3.9; Jeremias 23.14; Lamentações 4.6; Sofonias 2.8-9; 2 Pedro 2.6).
Sodoma é uma das Cidades da planície, junto com Admá, Gomorra, Zeboim e Zoar (Gênesis 13.10; Gênesis 14.2; Gênesis 19.16). Devido ao episódio relatado, o seu nome se converteu em sinônimo de vícios, degradação e juízo divino (Isaías 1.9-10; Jeremias 23.14; Ezequiel 16.46; Mateus 10.15; Lucas 17.29).
Essa Cidade foi preservada por causa de Ló e sua família - esposa e duas filhas. 
Quando saíram dessa Cidade, Deus desceu fogo do céu e a consumiu (Gênesis 19.1-29).
Jesus ilustrou assim que os salvos forem retirados da Cidade cujos moradores cedem as tentações, prazeres dos frutos da carne (Gálatas 5.16-24), perecerão na previsão catastrófica e grande tribulação, mas os justos serão arrebatados ou poupados na Cidade onde moram ao confiar em Deus na sua advertência antecipada (Lucas 17.28-37).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovelhas malhadas

Sacrifícios de tolo ou de justiça

A máscara caiu - Lucas 12.2