Deus é o Rei dos reis que domina sobre os reinos dos homens

Deus deu sabedoria a Daniel e seus amigos que administraram as províncias da Babilônia ou Iraque (Daniel 1.17, 20).
Daniel deu conselhos, interpretações de visões e sonhos ao rei Nabucodonosor. 
O rei estava andando no terraço do palácio real da Babilônia ou Iraque, (Daniel 4.28) disse: "acaso não é esta a grande Babilônia ou Iraque que eu constituí como capital do meio do reino, com o meu enorme poder e para a glória da minha majestade (Daniel 4.29). Capital do Iraque é Bagdá.  
À autoridade que não admitir que o Altíssimo domina sobre os reinos dos homens e os dá a quem quer, perde a supremacia política (Daniel 4.25, 26, 32).
Portanto, o rei, aceita o meu conselho: renúncia a teus pecados e à tua maldade, pratica a justiça e tem compaixão dos necessitados. Talvez, então,  continuar a viver em paz (Daniel 4.27).
Erga a voz em favor dos que não podem defender-se, seja o defensor de todos os desamparados (Provérbios 31.8).
Presidente, governador, prefeito, subprefeito, senador, deputados federal e estadual, vereadores que endurecerem o coração e for arrogante, descuidar dos pobres, necessitados, simples, desamparados, indefesos serão despojados da sua soberania, glória, grandeza, majestade.
Às autoridades são despojadas pela corrupção, ruindade, desprezo de servir ao público, eleitores.
Os políticos do Partido dos Trabalhadores (PT) e seus aliados, despencaram no poder Legislativo, Administrativo e Executivo.
No entanto, quando o seu coração se tornou arrogante e endurecido por causa do orgulho, ele foi desposto de seu trono real e despojado da sua glória  (Daniel 5.20).
O rei Nabucodonosor depois de perder a realeza, caiu em si, reconheceu que Deus é o Rei dos reis, honrou, glorificou aquele que vive para sempre e o seu reino foi maior do que o anterior (Daniel 4.28, 36, 37).


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovelhas malhadas

Sacrifícios de tolo ou de justiça

A máscara caiu - Lucas 12.2