Explicação sobre o dízimo

A mesma Lei se aplicará ao natural da terra e ao prosélito significa ao estrangeiro residente (Êxodo 12.49).
Lei é a regra imposta pela autoridade soberana aos israelitas e estrangeiros. 
Um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos (Efésios 4.6).
Pregações fúteis, distorcidas sobre o dízimo. Temer a Deus é amar, reverenciar e reconhecer que estamos sujeitos aos cuidados de Deus, o provedor da chuva, fertilidade e os recursos naturais (Deuteronômio 14.23;  Salmos 24.1).
Deus deseja que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade (1 Timóteo 2.4; 2 Pedro 3.9).
Todos está incluindo israelitas e estrangeiros.
O dízimo veio antes da Lei de Moisés. Abraão entregou o dízimo (Gênesis 14.20) e Jacó (Gênesis 28.20-22).
Jesus é o sumo sacerdote (Salmos 110.4; Hebreus 7.11; Hebreus 7.12; Hebreus 7.17; Hebreus 7.26; Hebreus 4.14-15 2 Coríntios 5.21) da tribo de Judá (Apocalipse 5.5). Jesus fora da tribo de Levi que recebiam os dízimos. Jesus está vivo e continua sendo sumo sacerdote da tribo de Judá para entregarmos os dízimos.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovelhas malhadas

Sacrifícios de tolo ou de justiça

A máscara caiu - Lucas 12.2